Pages

20 de abril de 2009

E assim foi o meu domingo...

Para começar, acordar bem cedinho porque passava o Espirito Santo em casa (Pra quem não sabe, E.S. é uns senhores que vem por parte da igreja, com uma bandeira para abençoar a casa), ás 8h já estava levantada. Toca a ir preparar tudinho, petiscos e bebidas (sim, porque os senhores que levam a bandeira do E.S. a todas as casas, precisam de uns suminhos!) e o dinheirinho, claro! O dinheiro é normalmente colocado num pratinho pequeno com pétalas de flores em cima (pra ninguém ver o quanto se dá). Quando fui buscar as pétalas, num acto de romantismo disse ao R. pra vir comigo, e ainda bem! Se não fosse ele a me agarrar, tinha trambolhado (= caido) pela estrada abaixo e só parava na outra freguesia. Depois, fomos ao café e tal, e até correu tudo bem, tirando o facto que eu ia trabalhar ás 15h. (pois eu sei, ninguém merece trabalhar ao domingo...ainda pra mais á noite! É que já me estraga a manhã toda, o meu humor muda logo! Mas isso é outra história.) Venho trabalhar e tal....e entretando passa-se a tal conversa simpática que eu já aqui referi, e é claro que não dei pulos de alegria! Resolvido o assunto, toca a ir pra casa á 01.00 (de referir que a minha hora de saída é ás 00h), mas ok, faz parte! O que não faz parte é não ter a chave de casa comigo...e muito menos não ter bateria no telémovel, o que complicou seriamente a minha vida! Dei um tok ao R. a avisar que estava a sair do trabalho, e que dentro de 20min estava em casa, pra ele estar atento pra eu não ter que tocar a campaínha a estas horas e acordar toda a gente. Acontece que o meu querido R. concordou, mas parece que se esqueceu do combinado logo depois... e chega Moi a casa e espera na porta, pensando que o queridinho já vinha. E espera....e espera....e desespera...e toca a campainha 1 vez (assim só um tokzito pra acordar os mais sensíveis) ...e espera....e espera.... e toca novamente (para os menos sensíveis) e espera....e espera....e espera....e volta a tocar (para os nada sensíveis!!) e espera....e tá frio porra...e espera....e passa-se! Toco já uma data de vezes (pra acordar os mais surdos)!!! E quando vejo uma luz ao fundo do túnel (assim dizendo, da porta). Deus é Grande! E não é que era....a minha querida Sogra! Porque o meu lindo, fantástico, fascinante e maravilhoso marido dormia que nem um bébé! Qual mulher, qual porta, qual campainha?? Queria era o seu soninho de beleza!
E quando acorda ainda pergunta:
- Já chegaste??
....e eu simpática e bem disposta que tava:
- Não! Tou na rua a espera que me abras a porta!!!! #$&$#%

Digam lá, não foi um domingo fantástico???

5 comentários:

Hermione disse...

que dia, ufa!

P.S - também tenho um R. :p

Flor disse...

Isto é que é um domingo em cheio...
o que vale é que até tens humor a contar as histórias ;)
beijinhos

Lucy disse...

UFAAA ATE FIQUEI COM TAQUICARDIA LOL AO LER O TEU DESESPERO NA RUA A ESPERA QUE ALGUEM ABRISE A PORTA...:)

Luísa disse...

Que desespero!

o dono do blog disse...

Porra, nem o Espirito Santo te valeu.
Para a próxima não vás ao BES, vai antes ao BPI ou à CGD :D