Pages

9 de novembro de 2009

Amote.


"Não percebo porque é que «amo-te» se escreve desta forma : amo-te! Quando deveria ser desta: amote. Amo-te não deveria ter hífen ou tracinho, como se costuma dizer. O amote de que falo, este, não deveria ter espaço, para que nenhuma letra respirasse, para que ficassem ali as letras apertadinhas de forma a não caber mais nenhuma. Porque a verdade é que, quando se ama alguém, não cabe mais ninguém ali. Porque não há espaço. Porque as letras estão literalmente sufocadas por essa palavra que se deveria escrever apenas e só assim: Amote."


Fernando Alvim, 50 anos de carreira.

10 comentários:

Lady me disse...

Amei!

Sofie disse...

nunca tinha pensado nisso. gostei

Diana disse...

bem pensado sim senhor

Lia disse...

tem toda a lógica do mundo!

Sara. disse...

Poderá ter lógica, mas após ler essa passagem do livro achei de certa forma "errado".
AMO-TE é uma palavra que simboliza um todo formado por duas pessoas, ou várias, e nada (nem um simples hífen) pode ou deve separá-las.
Por isso, pensemos no hífen como uma ligação e como uma força da união.

;)

Olhos Dourados disse...

Mas depois lia-se "amóte"

Laetitia disse...

Wow! :D

Flor disse...

Adorei...Concordo.
Parabéns pelo texto...
Beijokas

Me disse...

Maravilhoso...

Miles to go... disse...

Gostei... :)