Pages

25 de fevereiro de 2012

Anónimos de bom coração

Fábio Castelo tinha um tumor cerebral maligno e precisava urgentemente de 50 mil euros para uma delicada operação na Alemanha.
Soube hoje que a operação correu bem e tudo graças a um neurocirurgião que apostou na vida do Fábio e a um anónimo que doou os tais 50mil euros. Caramba, há pessoas boas. Comove-me saber que há alguém que está disposto a dar essa quantia para salvar um menino que nem conheçe. Fico muito feliz que no meio de tanta maldade, tanto egoísmo hajam pessoas boas que fazem o nosso dia valer apena.

2 comentários:

A Minha Essência disse...

Mas isso nota-se nas campanhas de solidariedade que há por aí... podemos ser um povo antipático, sempre com a expressão que todos nos devem e ninguém nos paga. Um bom dia a um desconhecido parece uma afronta. Mas quando é para ajudar o próximo neste tipo de situações, somos um povo unido! :)

Um bem-haja!

Sara* disse...

Felizmente existem pessoas com dinheiro que o fazem, eu se tivesse esse dinheiro para doar fazia, mas não tenho infelizmente